18 fevereiro 2020

Pensamento


Resultado de imagem para arvores em flor, ceu azuyç

Um simples pensamento de gratidão 
elevado ao céu é a mais perfeita oração.



Gotthold Ephraim Lessing


15 fevereiro 2020

6º Domingo do Tempo Comum

QUERO APRESENTAR AS MINHAS DESCULPAS, PORQUE TRANSCREVI  AS LEITURAS CORRESPONDENTES AO ANO C E NÃO ANO A COMO SERIA CORRETO, do que só me dei conta ontem ao final da tarde.

Mas, a Palavra de Deus é sempre a Palavra de Deus e isso nos basta, apesar do  lamentável engano.
Abraço em Cristo.
Ailime 


A minha partilha deste Domingo:


A Palavra de Deus que nos é proposta neste domingo leva-nos a refletir sobre o protagonismo que Deus e as suas propostas têm na nossa existência.
....................

O Evangelho proclama “felizes” esses que constroem a sua vida à luz dos valores propostos por Deus e infelizes os que preferem o egoísmo, o orgulho e a autossuficiência. Sugere que os preferidos de Deus são os que vivem na simplicidade, na humildade e na debilidade, mesmo que, à luz dos critérios do mundo, eles sejam desgraçados, marginais, incapazes de fazer ouvir a sua voz diante do trono dos poderosos que presidem aos destinos do mundo.



Resultado de imagem para salmo 1

 Salmo 1
Refrão: Feliz o homem que pôs a sua esperança no Senhor.
Feliz o homem que não segue o conselho dos ímpios,
nem se detém no caminho dos pecadores,
mas antes se compraz na lei do Senhor,
e nela medita dia e noite.

É como árvore plantada à beira das águas:
dá fruto a seu tempo e sua folhagem não murcha.
Tudo quanto fizer será bem sucedido.

Bem diferente é a sorte dos ímpios:
são como palha que o vento leva.
O Senhor vela pelo caminho dos justos,
mas o caminho dos pecadores leva à perdição.

Lucas, 6 ,17.20- 26

Naquele tempo,

Jesus desceu do monte, na companhia dos Apóstolos,

e deteve-Se num sítio plano,

com numerosos discípulos e uma grande multidão

de toda a Judeia, de Jerusalém e do litoral de Tiro e Sidónia.
Erguendo então os olhos para os discípulos, disse:
Bem-aventurados vós, os pobres,
porque é vosso o reino de Deus.
Bem-aventurados vós, que agora tendes fome,
porque sereis saciados.
Bem-aventurados vós, que agora chorais,
porque haveis de rir.
Bem-aventurados sereis, quando os homens vos odiarem,
quando vos rejeitarem e insultarem
e prescreverem o vosso nome como infame,
por causa do Filho do homem.
Alegrai-vos e exultai nesse dia,
porque é grande no Céu a vossa recompensa.
Era assim que os seus antepassados tratavam os profetas.
Mas ai de vós, os ricos,
porque já recebestes a vossa consolação.
Ai de vós, que agora estais saciados,
porque haveis de ter fome.
Ai de vós, que rides agora,
porque haveis de entristecer-vos e chorar.
Ai de vós, quando todos os homens vos elogiarem.
Era assim que os seus antepassados
tratavam os falsos profetas.

«“Pai dos pobres, Deus de misericórdia, bendito sejas pela esperança que revelas aos pobres, aos pequenos e a todos os feridos da vida, aqueles que a sociedade despreza e negligencia. Tu ofereces-lhes a felicidade do teu Reino.
Tantos companheiros à nossa volta andam à procura da felicidade e não sabemos como os ajudar. Ilumina-os com o teu Espírito”.»

Resultado de imagem para caminhos

Palavras para o caminho ...
Levar para as nossas vidas as palavras de felicidade escutadas neste domingo e transformá-las em atitudes de alegria e de encontro com os outros, transmitindo felicidade àqueles que vivem infelizes ao nosso lado… Fazer com que a vida da próxima semana tenha muitos momentos de alegria e de felicidade… que só o serão se partilhados e sentidos com o próximo, a começar pelos que estão na minha casa, no meu trabalho, na minha escola, na minha comunidade, na minha paróquia

 Resultado de imagem para bom domingo

 Com o meu abraço na paz de Cristo.
Ailime


Imagens Google

11 fevereiro 2020

Citação do dia

Resultado de imagem para coragem

Prepara-te para defender aquilo em que acreditas
 contra muitos - mas apresta-te também para 
ceder se se provar que estás errado. São gestos 
que requerem idêntica coragem.


Sabedoria 365
Uma citação inspiradora para cada dia
Helen Exley




08 fevereiro 2020

05º Domingo do Tempo Comum


«A Palavra de Deus deste 5º Domingo do Tempo Comum convida-nos a reflectir sobre o compromisso cristão. Aqueles que foram interpelados pelo desafio do “Reino” não podem remeter-se a uma vida cómoda e instalada, nem refugiar-se numa religião ritual e feita de gestos vazios; mas têm de viver de tal forma comprometidos com a transformação do mundo que se tornem uma luz que brilha na noite do mundo e que aponta no sentido desse mundo de plenitude que Deus prometeu aos homens – o mundo do “Reino”.
No Evangelho, Jesus exorta os seus discípulos a não se instalarem na mediocridade, no comodismo, no “deixa andar”; e pede-lhes que sejam o sal que dá sabor ao mundo e que testemunha a perenidade e a eternidade do projecto salvador de Deus; também os exorta a serem uma luz que aponta no sentido das realidades eternas, que vence a escuridão do sofrimento, do egoísmo, do medo e que conduz ao encontro de um “Reino” de liberdade e de esperança».

Para ler e meditar na Palavra de Deus


Resultado de imagem para Isaías 58, 7-10
 Isaías 58, 7-10
Eis o que diz o Senhor:
«Reparte o teu pão com o faminto,
dá pousada aos pobres sem abrigo,
leva roupa ao que não tem que vestir
e não voltes as costas ao teu semelhante.
Então a tua luz despontará como a aurora
e as tuas feridas não tardarão a sarar.
Preceder-te-á a tua justiça
e seguir-te-á a glória do Senhor.
Então, se chamares, o Senhor responderá,
se O invocares, dir-te-á: “Aqui estou”.
Se tirares do meio de ti a opressão,
os gestos de ameaça e as palavras ofensivas,
se deres do teu pão ao faminto
e matares a fome ao indigente,
a tua luz brilhará na escuridão
e a tua noite será como o meio-dia».

Resultado de imagem para A luz de Jesus

Salmo 111 (112)

Refrão 1: Para o homem recto
nascerá uma luz no meio das trevas.

Brilha aos homens rectos, como luz nas trevas,
o homem misericordioso, compassivo e justo.
Ditoso o homem que se compadece e empresta
e dispõe das suas coisas com justiça.

Este jamais será abalado;
o justo deixará memória eterna.
Ele não receia más notícias:
seu coração está firme, confiado no Senhor.

O seu coração é inabalável, nada teme;
reparte com largueza pelos pobres,
a sua generosidade permanece para sempre
e pode levantar a cabeça com altivez.

Resultado de imagem para vlois sois o sal da terra

Evangelho de Mateus  5, 13-16

Naquele tempo,
disse Jesus aos seus discípulos:
«Vós sois o sal da terra.
Mas se ele perder a força, com que há-de salgar-se?
Não serve para nada,
senão para ser lançado fora e pisado pelos homens.
Vós sois a luz do mundo.
Não se pode esconder uma cidade situada sobre um monte;
nem se acende uma lâmpada para a colocar debaixo do alqueire,
mas sobre o candelabro,
onde brilha para todos os que estão em casa.
Assim deve brilhar a vossa luz diante dos homens,
para que, vendo as vossas boas obras,
glorifiquem o vosso Pai que está nos Céus».

Resultado de imagem para caminhos de Jesus

 Palavra para o caminho.
“Sal da terra”. As nossas vidas têm gosto? E que gosto? O gosto da partilha, do acolhimento, da misericórdia, da caridade, como nos convida Isaías? Têm o sabor de Cristo ressuscitado? Se sim, as nossas vidas terão gosto para nós mesmos e para os outros… tornar-se-ão “Luz diante dos homens”. Que assim seja em mais uma semana!

*************
Sejamos sal e luz anunciando o Senhor em gestos concretos 
junto dos que necessitam ou de quem ainda não conhece Jesus.

CENTRO  HOLÍSTICO  (Saúde na Fonte) Natal e Recife: UM ABENÇOADO DOMINGO PARA NÓS

Com o meu abraço na paz de Cristo.
Ailime

Imagens Google

05 fevereiro 2020

Citação do dia

Resultado de imagem para simplicidade"

Para morar, vive perto do chão.
Ao pensar, atém-te ao que é simples.
Nos conflitos, sê justo e generoso.
Na governação, não tentes controlar.
No trabalho, faz aquilo de que gostas.
Na vida familiar, está sempre presente.


Hellen Exley
Sabedoria 365
Uma citação inspiradora para cada dia

(Em TAO TE CHING)

04 fevereiro 2020

Ilumina, Senhor, o teu rosto sobre nós,


Ilumina, Senhor, o teu rosto sobre nós,
porque o gravaste em nós.
Fizeste-nos à tua imagem e semelhança,
fizeste-nos a tua moeda,
por isso a tua imagem não deve ficar escurecida.

Envia o raio da tua sabedoria
para dissipar a nossa escuridão,
para fazer brilhar a tua imagem em nós
e assim podermos ser imagens tuas…

Como os soldados se dizem «rosto do imperador»,
assim também todo o homem santo
é na sua imagem rosto de Deus.

«Tu, Senhor, acende a minha lâmpada,
tu, meu Deus, ilumina a minha escuridão».

Estou no meio da noite das minhas fraquezas,
mas o raio da tua sabedoria
dissipará as minhas trevas,

Que o teu rosto saia à luz,
e se, por minha causa aparecer um pouco deformado
que seja consertado por ti o que foi criado por ti.»

 Santo Agostinho

01 fevereiro 2020

Festa da Apresentação do Senhor



«No “Dia da Vida Consagrada”, a liturgia celebra a “Apresentação do Senhor” no Templo de Jerusalém. Esse ícone – que expressa a entrega total de Cristo, desde os primeiros momentos da sua existência terrena, nas mãos do Pai – convida todos os consagrados e consagradas a renovar a sua entrega nas mãos de Deus e a fazer da própria existência um dom de amor, um testemunho comprometido da realidade do Reino, ao serviço do projeto salvador de Deus para os homens e para o mundo.

Resultado de imagem para Evangelho de São Lucas 2, 22-40

Evangelho de São Lucas 2, 22-40
Ao chegarem os dias da purificação,
segundo a Lei de Moisés,
Maria e José levaram Jesus a Jerusalém,
para O apresentarem ao Senhor,
como está escrito na Lei do Senhor:
«Todo o filho primogénito varão será consagrado ao Senhor»,
e para oferecerem em sacrifício
um par de rolas ou duas pombinhas,
como se diz na Lei do Senhor.
Vivia em Jerusalém um homem chamado Simeão,
homem justo e piedoso,
que esperava a consolação de Israel;
e o Espírito Santo estava nele.
O Espírito Santo revelara-lhe que não morreria
antes de ver o Messias do Senhor;
e veio ao templo, movido pelo Espírito.
Quando os pais de Jesus trouxeram o Menino
para cumprirem as prescrições da Lei
no que lhes dizia respeito,
Simeão recebeu-O em seus braços
e bendisse a Deus, exclamando:
«Agora, Senhor, segundo a vossa palavra,
deixareis ir em paz o vosso servo,
porque os meus olhos viram a vossa salvação,
que pusestes ao alcance de todos os povos:
luz para se revelar às nações
e glória de Israel, vosso povo».
O pai e a mãe do Menino Jesus estavam admirados
com o que d’Ele se dizia.
Simeão abençoou-os
e disse a Maria, sua Mãe:
«Este Menino foi estabelecido
para que muitos caiam ou se levantem em Israel
e para ser sinal de contradição;
– e uma espada trespassará a tua alma –
assim se revelarão os pensamentos de todos os corações».
Havia também uma profetiza,
Ana, filha de Fanuel, da tribo de Aser.
Era de idade muito avançada
e tinha vivido casada sete anos após o tempo de donzela
e viúva até aos oitenta e quatro.
Não se afastava do templo,
servindo a Deus noite e dia, com jejuns e orações.
Estando presente na mesma ocasião,
começou também a louvar a Deus
e a falar acerca do Menino
a todos os que esperavam a libertação de Jerusalém.
Cumpridas todas as prescrições da Lei do Senhor,
voltaram para a Galileia, para a sua cidade de Nazaré.
Entretanto, o Menino crescia
e tornava-Se robusto, enchendo-Se de sabedoria.
E a graça de Deus estava com Ele.

Tema  geral
«Através das palavras e da catequese do evangelista Lucas, desenha-se aqui o quadro da “Apresentação de Jesus” no Templo de Jerusalém, a fim de ser “consagrado” ao Senhor.
A consagração de Cristo recorda-nos que a nossa vida se deve cumprir num “ecce venio”, numa entrega total nas mãos do Pai, ao serviço do projeto de salvação de Deus para os homens e para o mundo.

Resultado de imagem para interpelação para seguir Cristo

Interpelações para nós, hoje
¨ Esta história de um Deus que aceitou despir-Se das suas prerrogativas divinas e assumir as nossas fragilidades e limitações é uma história estranha e ilógica à luz dos critérios e padrões que hoje vestem o mundo e a história dos homens… Mas é uma história que ilustra, sem deixar margem para dúvidas, a intensidade e a radicalidade do amor de Deus por nós.
A constatação desta realidade é algo que enche o nosso coração de serenidade e de alegria e que nos permite encarar a vida, os desafios, as dificuldades, os medos, os limites da nossa existência humana, com esperança, com coragem, com confiança.
Se Deus nos ama desta forma, a nossa caminhada pela história só poderá ter um final feliz.
Aqueles que seguem Jesus Cristo na Vida Consagrada estão conscientes desta realidade; são alimentados, ao longo do seu percurso oblativo, por esta confiança; têm por missão dar testemunho diante dos homens seus irmãos, com luminosa alegria, da intensidade e da radicalidade do amor de Deus.

Imagem relacionada

Desejo a todos um bom domingo e que o Senhor nos ilumine
 e guie para fazermos a Sua vontade.
Com o meu abraço na paz de Cristo.
Ailime

Imagens Google

28 janeiro 2020

Reflexão

Imagem relacionada

Reserve pelo menos um minuto do
 seu dia para meditar em silêncio.
Busque nesse momento as energias de 
que precisa para continuar em equilíbrio.
É no silêncio que as vozes da sabedoria 
ecoam do infinito, impregnando-o de luz e
 paz.
 Reserve este pequeno espaço cósmico
 para si, no qual a sua mente, corpo e es-
pírito vibram na corrente universal do
 Criador.
É no silêncio que se ouve a voz da ver-
dade, assim como é no universo que ecoa
 desde os seus primórdios o som da cria-
ção.


-Momentos a Sós-
IRAN IBRAHIM JACOB