23 julho 2011

Descanso em Deus


Há momentos nas nossas vidas em que se torna necessário parar um pouco, descansar também dos afazeres profissionais ou outros para retemperar forças, ganhar um novo ânimo para recomeçarmos em pleno as nossas actividades sejam elas quais forem.

As férias, por que todos ambicionamos e todos merecemos estão a transformar-se num tempo vivido cada vez com maior ansiedade, em correrias desmedidas e por vezes regressamos mais cansados do que quando partimos.

Nos tempos que correm tudo é muito rápido e vive-se com muita pressa, com grande avidez como se tentássemos dominar o tempo esquecendo-nos, muitas vezes, do essencial.

Este tempo em que rodeados pela família que amamos ou visitando outros familiares distantes, em que nos deliciamos com o sol e o mar ou repousamos em campos frondosos de águas frescas ou simplesmente ficamos em nossas casas deve ser também um tempo de descanso em Deus.

Será que já tínhamos pensado nisto?

Há uns anos atrás um sacerdote que esteve na minha paróquia lembrava-nos sempre, neste tempo de verão, para não nos esquecermos de levar Deus connosco para férias.

E como isto é importante na minha vida, como pode ser precioso na vida de todos nós.

Lembrou-me disto mesmo uma amiga num e-mail que me enviou com um texto de Margarida Alvim, Fundação Evangelização e Culturas, do qual retirei os excertos que abaixo partilho com todos vós:

“Vá para fora cá dentro!”, ouvimos nos anúncios de promoção do turismo em Portugal. Em tempo de crise, esta é capaz de ser mesmo uma grande oportunidade de passear mais no nosso país, de descobrir toda a sua beleza, por vezes ali mesmo ao virar da esquina. Oportunidade para valorizar a serenidade de dias com tempo, sem pressas.”

E continua noutra passagem:

“Vá para fora por dentro!”, este poderia ser o mote para umas férias de fundo, em que a paragem exterior é acompanhada por uma renovação interior. Fazer silêncio e ir abrandando os motores, deixando a poeira assentar, deixando vir ao de cima tudo o que vai ficando abafado com o imediato do dia a dia. Ordenar a vida, arrumar “a casa”, perceber o que me tem vindo a cansar ao longo do ano, perceber onde me encontro, onde descanso, onde me sinto em paz, e onde me sinto dividido. Dar tempo às limpezas internas, deixando o sol entrar bem por todos os poros. Isto sim: é descansar.”

E mais adiante,

“Encarar as férias como tempo para voltar ao essencial faz com que a nossa atenção fique mais desperta, a nossa sensibilidade mais apurada. Tudo passa a ocupar o lugar que lhe é devido e ficamos mais preparados para viver cada dia agradecidos, enfrentando com mais força as dificuldades que vão surgindo. O regresso ao dia a dia e ao trabalho será mais suave e com mais sentido.”

Conclui:

“É o Senhor que nos diz “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, que Eu hei-de aliviar-vos. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração e encontrareis descanso para o vosso espírito. Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.” (Mt 11, 25-30). Pois é isso mesmo, aqui está um bom convite para estas férias!”

Meus amigos e amigas de caminhada e para quem também passa em silêncio informo que durante algum tempo vou estar ausente deste espaço deixando um beijinho para todos e desejando que o Senhor esteja sempre presente na vida de todos nós.

Até breve.

Ailime
23.07.2011
Imagem da Net

11 comentários:

  1. pois então muito boas férias com Deus no coração .
    olha e este teu texto fez-me lembrar um história , o ano passado tava eu na sacristia a preparar a leitura , e entre uma sra. e pergunta ão padre «sr. padre será que posso comungar ? é que tive de férias e não fui á missa , pois o sitio onde eu estava não tinha igreja » ,,,
    resposta do padre « ai sim e onde passou férias ?»
    «diz ela no Algarve » ,, RESPONDE ELE , «ai sim , pois olhe que há igrejas em todo o lado , longe ou mais perto e por acaso eu também tive de férias no Algarve E DEI LÁ MISSA TODOS OS DIAS » ..
    miga não era nada comigo e até eu fiquei envergonhada ,, essa doeu , ainda bem que ele não sabe que nas minhas férias eu faltei há missa duas vezes [ que vergonha ] mas compreendo perfeitamente o que quiseste dizer e concordo plenamente ..
    vamos ver se nas férias todos nos lembre-mos disso ...

    jinhos ..

    ResponderEliminar
  2. Ailime,

    Obrigada por partilhar essas informações tão preciosas sobre a tão cobiçada e necessária, férias. Gostei de todas, mas claro que prefeiro a que o Senhor nos deixou: vinde a mim todos vóis que estais cansados.Assim estou. Rs
    Amiga, Deus é perfeito. Ele sabe como eu quero e preciso ir ao Brasil ver minha família, mas ele me entregou uma missão ardua nesse momento e vou precisar esperar mais um pouco. Enquanto isso, vou desabafando e chorando no ombro de vocês. Rs
    Acho que você deve realmente aproveitar muito esse momento com seu filho. Sei o que sente no seu coração à respeito disso.
    Ficarei com saudade, mas feliz por saber que você estar curtindo a sua família e matando a saudade de seu filho que mora tão longe.
    Falando de Missa. Sempre que saía de férias, eu já via os lugares onde poderia participar das Missas dominicais, pelo menos.
    Um grande abraço,

    ResponderEliminar
  3. Deus habita em mim, portanto vai comigo para todo o lado.
    É verdade que pode acontecer por vezes regressarmos mais cansados do que quando partimos quando exageremos nas correrias mas normalmente não é o meu caso.
    Mas o cansaço vem depois quando tenho que arrumar as malas e lavar e passar a ferro...

    beijinhos
    Verdinha

    ResponderEliminar
  4. Oi minha querida Ailime, boa tarde.
    Te desejo boas férias, descanse bem. Ótimo texto como sempre. Amiga, ficarei com muitas saudades de você. Que Deus derrame grandes bençãos na sua vida. Bjus...

    ResponderEliminar
  5. Amiga de Ouro:
    "Vá de Férias Cá Dentro" - Extraordinário de um conteúdo precioso e imenso.
    Sabe porque lhe chamo amiga de ouro?
    Porque é transcendente nesta Blogosfera em que se afirma pelo brilhantismo e mensagens fabulosas e geniais como esta.
    Bem-Haja, pela educação, coragem. Pela vida e forma deliciosa de a viver que foi escolha sensata sua.
    Parabéns sinceros. É sublime.
    Regresse quando puder cá estaremos à sua espera.
    Que viva na plenitude as desejadas férias de descanso e volte para encantar tudo e todos.
    Abraço amigo de respeito profundo pelo seu sentir divinal.
    Sempre a admirá-la muito.
    MUITO OBRIGADO pela sua expressão de preocupação comigo. Bem-Haja.


    pena

    ResponderEliminar
  6. Amiga, desejo-lhe umas férias maravilhosas e sobretudo, que tudo o que ficou por curar seja curado, o que ficou por fazer seja feito.
    Não, mais trabalho não.
    Simpesmente, muita Paz e muito Amor.
    Volte e traga sempre Deus consigo.
    Utilia

    ResponderEliminar
  7. Oi minha querida Ailime, que Deus te dê uma semana de vitórias, que ele te ilumine sempre. Bjus no seu lindo coração. Bjus...

    ResponderEliminar
  8. Oi querida, passando para deixar o meu carinho e dizer que você é uma pessoa maravilhosa. Tenha uma ótima semana, bjus e fica com Deus...

    ResponderEliminar
  9. Boa tarde!

    Esta é a mensagem de Deus para você neste fim de semana:

    "Pode uma mulher esquecer-se daquele que amamenta? Não ter ternura pelo fruto de suas entranhas? E mesmo que ela o esquecesse, eu não te esqueceria nunca. Eis que estás gravada na palma de minhas mãos". (Isaías 49:15 e 16a)

    Que o seu dia dos pais seja repleto do amor do maior de todos os Pais!

    http://www.youtube.com/watch?v=psbf6yPiZZA

    Deus seja contigo.

    Blog Yehi Or!
    http://hajalluz.blogspot.com

    ResponderEliminar
  10. Oi querida, tenha uma linda e maravilhosa semana, bjus...

    ResponderEliminar
  11. Amigos,
    Teresa,
    Lucinha,
    Verdinha,
    Arione,
    Prof. Pena,
    Utília e
    Judite,

    Agradeço muito a vossa visita e a generosidade dos vossos comentários.

    Bem-hajam.

    Beijinhos,
    Ailime
    20.08.2011

    ResponderEliminar

«Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.»
(João 14:6)
Muito obrigada por me ajudar a caminhar com Cristo!
Ailime