11 maio 2008

Salmo 139


"SENHOR, Tu examinaste-me e conheces-me,

sabes quando me sento e quando me levanto;

à distância conheces os meus pensamentos.

Vês-me quando caminho e quando descanso;

estás atento a todos os meus passos.

Ainda a palavra me não chegou à boca,

já Tu, SENHOR, a conheces perfeitamente.

Tu me envolves por todo o lado

e sobre mim colocas a tua mão.

É uma sabedoria profunda, que não posso compreender;

tão sublime, que a não posso atingir!

Onde é que eu poderia ocultar-me do teu espírito?

Para onde poderia fugir da tua presença?

Se subir aos céus, Tu lá estás;

se descer ao mundo dos mortos, ali te encontras.

Se voar nas asas da aurora

ou for morar nos confins do mar,

mesmo aí a tua mão há-de guiar-me

e a tua direita me sustentará.

Se disser: "Talvez as trevas me possam esconder,

ou a luz se transforme em noite à minha volta",

nem as trevas me ocultariam de ti

e a noite seria, para ti, brilhante como o dia.

A luz e as trevas seriam a mesma coisa!

Tu modelaste as entranhas do meu ser

e formaste-me no seio de minha mãe.

Dou-te graças por tão espantosas maravilhas;

admiráveis são as tuas obras.

Quando os meus ossos estavam a ser formados,

e eu, em segredo, me desenvolvia,

tecido nas profundezas da terra,

nada disso te era oculto.

Os teus olhos viram-me em embrião

Tudo isso estava escrito no teu livro.

Todos os meus dias estavam modelados,

ainda antes que um só deles existisse.

Como são insondáveis, ó Deus, os teus pensamentos!

Como é incalculável o seu número!

Se os quisesse contar, seriam mais do que a areia;

e, se pudesse chegar ao fim, estaria ainda contigo

.………………………………………………………………

Examina-me, SENHOR, e vê o meu coração;

põe-me à prova para saber os meus pensamentos.

Vê se é errado o meu caminho e guia-me pelo caminho eterno".

In "Bíblia Sagrada"

5 comentários:

  1. Obrigado pelo comentário.
    "FUI COMO AS ERVAS E NÃO ME ARRANCARAM..."
    Assim, tenho vivido porque se esqueceram de me "arrancar". Um crescimento precoce... e sofrido. Logo, um crescimento forjado em paradigmas, dilemas, duvidas e afins.
    Quis crescer depressa para melhor me defender dos "detractores"...
    Se alguém "vê se é errado o meu caminho" que se manifeste de forma inequívoca...e não nos labirintos do invisível... onde só os "movidos" pela fé têm acesso.
    Eu tenho a simplicidade das ervas...que ninguém ousou arrancar. Merecia, por isso, o "milagre" de , como Moisés, ver o "rosto" da divindade....
    Até sempre
    Paulo

    ResponderEliminar
  2. E, um dia, vai ver o "rosto" divindade!
    Aliás, na minha humilde opinião, já tem sinais bem visíveis de que "A Divindade" se manifesta em si!
    A sua inteligência, a forma de se expressar, a sua verticalidade e o "feed back" de todos os seus amigos, que lhe manifestam a sua admiração, são já sinais bem evidentes!
    Só que as nossas lutas, os nossos desassossegos, os caminhos tortuosos, hão-de perseguir-nos "até aos finais dos tempos"!
    Mas, deixe-me dizer-lhe, confie, confie, sempre!
    Que tudo de bom lhe aconteça.
    Ailime

    ResponderEliminar
  3. http://templodogiraldo.blogspot.com/


    Passem por aqui.


    SAUDAÇÕES.

    ResponderEliminar
  4. Grato pela gentil e simpática visita, que retribuo com gosto.

    ResponderEliminar
  5. ailime ola sem a conhecer ja gosto de ti tambem jesus meu pai e tudo na minha vida.tambem sou contra as injustiças.gostei de tudo o que li no teu cantinho e voltarei.beijo efelecidades.

    ResponderEliminar

«Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.»
(João 14:6)
Muito obrigada por me ajudar a caminhar com Cristo!
Ailime